terça-feira, 24 de julho de 2007

Desassossego

Quando o frio se achega
desaconchega
vem com solidão
tira-me as madrugadas
por esfriá-las
e eu, sem espiá-las.


Quando a solidão chega
desassossega
trazendo-me mais frio
e tremo
e temo
pelo vazio.

2 comentários:

Maria Quitéria disse...

Nossa, Chiko que letras! Chegou a me arrepiar tamanha a força delas. Parabéns! Besteira essa coisa de dizer parabéns, mas não sei o que dizer quando fico embasbacada com uma letra. Showzaço!!

Saramar disse...

Muito bonito!

"tira-me as madrugadas,
por esfriá-las..."

Lindos versos. É mais ou menos o que sinto, pois as madrugadas são meu meio-dia.

beijos