quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Na madrugada

Bebi teu absinto
Amigo
Bebi a dor que sinto
Contigo
Bebemos juntos
Ressuscitados
Em bálsamo
Bem reservados
Teimosos
Reencontrando
O prazer perdido
Revigorados defuntos
Bem acordados

2 comentários:

Ricardo Rayol disse...

bebendo absinto, a loucura se instala.

Anônimo disse...

Que lindo ! Embebedaram-se....
Márcia