terça-feira, 11 de agosto de 2009

Sobre verdades e mentiras


“A mídia não conseguirá consagrar seu intento. Não fará que essa casa se agache diante dela. Peço a Nação brasileira que faça uma reflexão, veja onde está a verdade e onde está a mentira.”

Fernando Collor de Mello, presidente cassado e atualmente senador por Alagoas, em mais uma defesa de José Sarney


Não é difícil ver onde está a verdade e a mentira se lembrarmos que tal pedido e mais um ataque a mídia vem de um político que roubou essa mesma Nação, confiscando a poupança, sofreu um “impeachment”, teve seus direitos políticos cassados e se elegeu senador representando o pior coronelismo do país. Como temos memória, sabemos onde está a mentira.

Um comentário:

Anônimo disse...

Chiko
Concordo com voce em todos os sentidos, nessa observação. Só eu e minha pequena familia sabemos o que foi o governo de sujeito. Agora, Chiko, o que é preciso para nosso povo saber em quem votar? Ou em quem não votar? Será que a desobrigatoriedade do voto é a saída?
SDS
Aldo