terça-feira, 13 de novembro de 2007

Você é popular?


Você, caro leitor, saberia responder sem titubear o verdadeiro significado do termo: popular? Eu não sabia. Essa era uma dúvida que vinha me acompanhando há muito. De uns tempos para cá a expressão passou a ser usada como significado para quase tudo que envolve ou tem alguma relação com o público.

Políticos sempre chamando para suas ações populares. Lojas vendendo tudo com preços populares. Governo com programas populares. Até o futebol passou a jogar pelo popular. Os atores, cantores, músicos e até os jornalistas são populares.

Para acabar com essa dúvida do que é ser popular recorri ao mais fácil, o dicionário, que explica que popular é “relativo ao povo, comum e usual ao povo”. Achei vago. Se políticos e governantes, cada vez mais, usam o termo, popular não pode ter muito com povo. Políticos e povo nunca combinaram.

Resolvi sair da teoria e dirimir minha dúvida na prática. Se popular é relativo ao povo, fui busca-lo onde tem povo. Queria um lugar simples. Uma farmácia, onde a palavra popular ocupava toda a fachada. Nada melhor. Após dez minutos de absoluta inércia, sem qualquer atendimento, descobri que era preciso pegar uma senha. Outra definição de dicionário para popular é “democrático”, lembrei. Pegar senha representa entrar na fila.

Tudo bem. Melhor enfrentar a democracia da fila. Afinal é um propósito glorio. Depois de mais minutos “indianos” consegui um papel com um número que descobri, imediatamente, estava muito depois daquele que o atendente gritou atrás do balcão. Pelo menos uns 20 acima. Lembrei de um ditado popular: “a paciência é a maior das virtudes”. Mas, mesmo os virtuosos cansam. Quase trinta minutos depois da investida a solução foi procurar outro lugar.

Um restaurante popular. Fila para entrar. Fila para o bufê. Fila para sentar. Fila para pagar. Minha vontade de descobrir o popular não era tão grande. Uma loja popular. Cheia. Pessoas se acotovelando para pegar um simples par de meias. Fila no caixa. Um ônibus. Fila para passar na roleta. Fila para esperar o veículo encostar na plataforma. Fila. Fila. Fila.

Uma nova noção de popular foi se formando a cada investida. Popular é tudo que tem fila, demora e faz as pessoas perderem tempo para conseguir o mínimo. Pelo menos nisso, descobri que popular tem tudo a ver com políticos. Caro leitor, decididamente eu não sou alguém popular. E você?

Nenhum comentário: