quarta-feira, 6 de junho de 2012

Alvoreceres


Caiu a energia
Foi-se a alegria
Caiu a conexão
Mas, no mundo,
Tudo cai
Cai o pinto
Cai o seio
Caio o mito
Cai o anseio
Cai a libido
Cai o desejo
Caímos,
Mas de manhã
Teimosamente
Tudo levanta

Um comentário:

Anônimo disse...

Triste, porém tão verdadeiroquanto a esperança que desaba e depois renasce.
Iza