domingo, 2 de dezembro de 2007

Democracia do século XXI



A regulamentação eleitoral venezuelana tem uma forma de controle de pessoas que já votaram que é, a um só tempo, interessante, criativa e um tanto arcaica. Todas as pessoas que votam inserem o dedo num pote de tinta indelével azul, para ficar marcado que esta pessoa já votou e não pode tentar votar novamente.

Por todas as ruas é possível ver pessoas com o mindinho pintado. “Leva uns três dias para sair completamente”, comentou um eleitor que pediu para não ser identificado. A medida serve para evitar que pessoas com dois ou mais registros no Conselho Nacional eleitoral, como o G1 publicou no final da última semana, possam votar mais de uma vez.

Por Daniel Buarque, do G1, em Caracas

Nota do Blog: E essa é a democracia exaltada pelo presidente Lula. Fica fácil de entender porque. Ele votaria quantas vezes desejasse.

Um comentário:

Saramar disse...

kkkkkkkkkkkk....
Chiko, essa sua conclusão foi a melhor coisa que li sobre o par Brasil X Venezuela nos últimos tempos.

Vou indicar a leitura.

beijos