sábado, 12 de janeiro de 2008

Lugar comum

Hoje minha poesia não existe
Esta triste, amargurada
Foi vencida pelo cotidiano