segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Workaholic

Fim de domingo
Eu dormido e...
Ele indo
Passando, sono lento,
Sem momento
Como tudo na televisão
Lamentando, preguiçoso,
O arrastado chegar,
Demorado,
Das derradeiras horas
Que maltratam, relembrando,
Por perdidas no descansaço
Como buscando a vingança
Torturando, mecanicamente,
Segundo a segundo
Esticando a agonia
Vazia
De mais uma noite de domingo
Insolentemente, insone.

2 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Agonizante insônia agoniante

Maria Quitéria disse...

Cheguei a sentir o danado do domingo e esse teu tédio. Bem escrito. Mas sabe uma coisa engraçada? Eu ADORO a noite de domingo, talvez porque goste das segundas. Beijo