terça-feira, 27 de maio de 2008

Fábula moderna da velha economia

Era uma vez uma contribuição que foi criada por uma fada má drinha com o objetivo de trazer mais saúde às pessoas mais. O rei resolveu contar para todo mundo que tinha achado uma forma para ajudar as pessoas mais pobres, com uma contribuição, mas que essa seria obrigatória, já que era para fazer bem para todo mundo.

Mas, como muitos não gostaram de contribuir obrigatoriamente, a fada má drinha mudou seu nome para CPMF. As letras o povo esquece disse ao rei. A contribuição obrigatória para o bem criada pela fada má drinha tirava mais dinheiro dos pobres do que dos ricos. Os pobres, além de contribuírem obrigatoriamente, pioravam de saúde. Depois de muito tempo contribuindo obrigatoriamente com o rei e a fada má drinha, o povo aproveitou uma chance e se viu livre da CPMF.

Tempos depois, não tanto tempo assim, uma outra fada má drinha, resolveu de novo criar outra contribuição para cuidar da saúde dos pobres. A fada má drinha sabia que não podia dar o mesmo nome à contribuição obrigatória e resolveu contar ao povo outra história e chamar a ajuda a saúde do pobre por outro nome.

O rei, satisfeito, chamou a fada má drinha para contar ao povo que ele, povo, estaria ajudando a saúde do pobre com uma contribuição obrigatória chamada CSS (Contribuição Social para a Saúde). E assim, a fada má drinha e o rei continuaram felizes e o pobre sem dinheiro para comprar os remédios.

3 comentários:

Anônimo disse...

muito boa esta chikuna,este país não tem jeito. E o sapo barbudo fica falando besteira. grande filho da pu..... PARABÉNS AMIGO.

MARTÃN

Anônimo disse...

muito boa esta chikuna,este país não tem jeito. E o sapo barbudo fica falando besteira. grande filho da pu..... PARABÉNS AMIGO.

MARTÃN

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

CSS? Levei até um susto, me fez lembrar de um passado terrível da humanidade, tipo as "SS" dos , ai, nazistas! Amigo, boa noite, viu?